De olho na atleta: Allyson FelixComprar

Além
das pistas

 

Uma lenda viva. Ao longo dos anos, Allyson Felix mostrou que é muito mais que uma simples corredora. Mas sua trajetória nem sempre foi só de conquistas e medalhas de ouro. Ela teve que aprender a olhar o todo - que o sucesso não vem de uma única corrida e, sim, do esforço e do trabalho consistente dentro e fora das pistas.

Clique nas fotos para comprar o look da Allyson.

Comprar o look

“Cruzar a linha de chegada é sobre a jornada e todos aqueles
momentos que ninguém viu você colocar no treino"

 

NASCIDA PARA CORRER

Foi na aula de Educação Física da 2a série, quando se viu
correndo com os meninos mais rápidos em torno de um
estacionamento, que Allyson descobriu o seu talento.

"Foi quando eu soube que eu era rápida, e realmente competitiva.
Eu estava sempre me esforçando para ir além"

 

PREPARADA PARA GANHAR

Treinar todo santo dia requer muita confiança no processo, e a capacidade de Allyson para isso faz com que ela seja especial. Como uma corredora, você leva anos para participar de um único evento. Quando Allyson se apresenta no dia da corrida, ela encontra conforto nas longas horas de treinamento que a levaram até ali. Ela está pronta.

"Há momentos em que eu chego no final do meu treino e coloco num papel tudo que fiz apenas para me surpreender que eu fui capaz de passar por isso. Isso me deixa segura que eu sou capaz de lidar com essa carga de trabalho, e que eu posso fazer mais"

 

TROCANDO DE PISTA

Você pode pensar que um corredor só faz treino de pista, mas Allyson também intensifica seu treinamento
na academia. Pesando apenas 56 kilos, ela não possui um corpo típico de velocista. Felix trabalhou duro
para conquistar as corridas que ela ama: as curtas e rápidas. De kettle bells para caixas de saltos, ela treina
para se certificar de que ela está pronta para qualquer corrida que ela esteja participando. E suas melhores
corridas podem ainda estar por vir já que ela corre distâncias mais longas como os 400 metros.

"Correr os 400m é definitivamente fora da minha zona de conforto, mas eu sei que eu sou melhor por isso. Eu sei que eu estou me desafiando. Sei que ainda tenho potencial para correr mais."

 

RAÇA PARA
SER GRANDE

A corrida ensinou Allyson algumas coisas sobre enfrentar e superar desafios. Ao invés de deixar as lesões e derrotas levá-la para baixo, ela procura passar por cima delas o mais rápido possível. Ela usa tempos como estes para treinar e ganhar força de maneira diferente, e é exatamente isso que faz dela uma corredora melhor.

"Foi um enorme retrocesso para mim quando rasguei
meu tendão no campeonato mundial. Eu aprendi a
ter paciência e a realmente apreciar o que eu faço."

 

Além
das pistas

 

Uma lenda viva. Ao longo dos anos, Allyson Felix mostrou que é muito mais que uma simples corredora. Mas sua trajetória nem sempre foi só de conquistas e medalhas de ouro. Ela teve que aprender a olhar o todo - que o sucesso não vem de uma única corrida e, sim, do esforço e do trabalho consistente dentro e fora das pistas.

Clique nas fotos para comprar o look da Allyson.

"Cruzar a linha de chegada é sobre a jornada e todos aqueles momentos que ninguém viu você colocar no treino"

Clique nas fotos para comprar o look da Allyson

Compre o look

Foi na aula de Educação Física da 2a série, quando se viu correndo com os meninos mais rápidos em torno de um estacionamento, que Allyson descobriu o seu talento.

"Foi quando eu soube que eu era rápida, e realmente competitiva. Eu estava sempre me esforçando para ir além"

Treinar todo santo dia requer muita confiança no processo, e a capacidade de Allyson para isso faz com que ela seja especial. Como uma corredora, você leva anos para participar de um único evento. Quando Allyson se apresenta no dia da corrida, ela encontra conforto nas longas horas de treinamento que a levaram até ali. Ela está pronta.

"Há momentos em que eu chego no final do meu treino e coloco num papel tudo que fiz apenas para me surpreender que eu fui capaz de passar por isso. Isso me deixa segura que eu sou capaz de lidar com essa carga de trabalho, e que eu posso fazer mais"

Você pode pensar que um corredor só faz treino de pista, mas Allyson também intensifica seu treinamento na academia. Pesando apenas 56 kilos, ela não possui um corpo típico de velocista. Felix trabalhou duro para conquistar as corridas que ela ama: as curtas e rápidas. De kettle bells para caixas de saltos, ela treina para se certificar de que ela está pronta para qualquer corrida que ela está participando. E suas melhores corridas podem ainda estar por vir já que ela corre distâncias mais longas como os 400 metros.

"Correr os 400m é definitivamente fora da minha zona de conforto, mas eu sei que eu sou melhor por isso. Eu sei que eu estou me desafiando. Sei que ainda tenho potencial para correr mais."

A corrida ensinou Allyson algumas coisas sobre enfrentar e superar desafios. Ao invés de deixar as lesões e derrotas levá-la para baixo, ela procura passar por cima delas o mais rápido possível. Ela usa tempos como estes para treinar e ganhar força de maneira diferente, e é exatamente isso que faz dela uma corredora melhor.

"Foi um enorme retrocesso para mim quando rasguei meu tendão no campeonato mundial. Eu aprendi a ter paciência e a realmente apreciar o que eu faço."