Departamento Nike de Arquivos

    Segue deixando sua marca

    Celebrando 50 anos do icônico logotipo da Nike, relembramos como ele era antes e como não foi o sucesso que se esperava no início.

    A maioria das pessoas pensam no clássico Swoosh ao ouvir falar sobre a Nike. Um dos logotipos mais conhecidos no mundo, ele carrega muito significado: um símbolo de desempenho e princípios, inovação e irreverência, criatividade e transformação.

    Ele foi ilustrado e transformado em 3D. Raspado em cortes de cabelo e tatuado em corpos. Foi artisticamente remixado por Virgil Abloh de muitas formas brilhantes - mesmo quebrando diretrizes de marca para criar uma versão pintada deformada do Off-White Zoom Tempo vermelho solar. Diversas marcas que são referência exploraram o Swoosh na moda, música, esporte e cultura em colaborações com a Nike.

    Então, imaginamos que algo tão icônico tenha levado semanas, talvez meses, para ser inventado, com equipes de designers talentosos criando conceitos e investindo horas e mais horas de detalhamento e debates.

    Mas a realidade foi bem diferente.

    Com um conceito vagamente esboçado por Phil Knight, cofundador da marca, a tarefa caiu nas mãos de Carolyn Davidson, que na época era estudante de design gráfico da Universidade Estadual de Portland. Com um prazo de entrega apertado para atender ao cronograma de produção, a resposta à arte apresentada foi rápida, direta e não muito entusiasmada.

    Carolyn chegou à pequena e indistinta sala de conferências no Oregon, onde a história seria feita, com uma variedade de versões, incluindo uma que era um simples círculo ou buraco, dependendo do ponto de vista. Após a rejeição de outras quatro opções, o Swoosh foi escolhido com mais relutância do que com celebração. A resposta inicial hesitante de Knight hoje é uma história famosa.

    "Bom, não achei nada demais. Mas vou aprender a gostar."

    Phil Knight

    Assim, a marca, chamada de ?a faixa?, nome que Carolyn ainda usa hoje, voou para Guadalajara, no México, para dar início à fabricação. A urgência para chegar a tempo era tão grande que a equipe enviou a arte sem finalização após a reunião: uma versão desenhada à mão, que seria suficiente para os tênis que seriam fabricados.

    O resto, como dizem e como sabemos hoje, é história. O Swoosh se tornou um ícone cultural. As semanas que Davidson passou desenhando em guardanapos de papel produziram algo maior do que qualquer pessoa que estava ali poderia ter imaginado.

    O vídeo acima mostra mais detalhes que você não sabe sobre o símbolo que todo o mundo passou a conhecer. O que está por vir na linhagem do lendário logotipo depende de você.

    Participação: A?ja Wilson, Ada Hegerberg, Bebe Vio, Chen Ye, Chloe Kim, Dina Asher-Smith, Dirk Nowitzki, Dylan Alcott, Faith Kipyegon, Feng Chen Wang, G Dragon, Giannis Antetokounmpo, Mia Hamm, Oksana Masters, Quinn, Ricardo Pepi, Ronaldinho, Sabrina Ionescu, Sophie Hahn, Virgil Abloh, Wang Shuang, Yoon Ahn e Yuto Horigome.

    Artigos Relacionados

    Array