Leticia Bufoni

Leticia Bufoni

Flipar de Legging?
Pode sim

Andar de skate exige a leveza para combinar inovação e estilo. Transgressão e criatividade. Ousadia e determinação.
Depois de compreender isso, fica fácil entender como Leticia Bufoni é idolatrada por toda uma geração de skatistas.
Garotas e garotos. No mundo inteiro.

Nascida e criada na zona leste de São Paulo, Leticia veio ao mundo com uma facilidade impressionante para andar de skate.
Mais que uma em um milhão, ela era uma só em meio a dez garotos da sua rua. Talento natural aliado à capacidade precoce
de não ligar para o que os outros dizem.

Pense em um campeonato de skate feminino de alto nível. Leticia já ganhou todos. Mas resumir sua trajetória a troféus
e medalhas é diminuir a revolução no estilo que ela tem provocado. Manobra a manobra. Look a look.

Julina Luna Os primeiros obstáculos

Os primeiros obstáculos

Começar nem sempre é fácil. Especialmente quando tudo joga contra

“Não foi porque eu vi alguém e falei: eu quero ser igual essa pessoa. Não, não foi. Eu me apaixonei por skate desde a primeira vez
que encostei em um, e aí foi.”

“Meu pai odiava skate porque eu era a única menina andando no meio de um monte de moleques. Um dia ele ficou injuriado,
pegou um serra e cortou meu skate. Chorei horas e horas. No outro dia fui lá e comprei um skate. Depois disso ele viu
que não tinha jeito e começou a me apoiar muito.”

“Várias vezes a gente pensou que seria difícil, sem saber se ia pra frente. Mas eu amava tanto o skate que não quis largar. Mesmo
se fosse para ser um hobby pelo resto da vida, ia ser.”

PRECONCEITO

Quando te julgam até pela cor que você gosta. Ou que não gosta

“Eu sofria muito preconceito na minha rua, as mulheres me chamavam de ‘Maria João’, ‘Maria-homem’, por eu ser a
única menina no meio de dez moleques.”

“Às vezes minha irmã estava me assistindo andar de skate e ouvia: ‘Olha aquele menininho, que bonitinho.’ E aí ela
falava: ‘Não quero mais escutar isso. Ou você coloca rosa, ou você não vai.’ Então eu tinha que andar toda de rosa.”

Leticia Bufoni o mundo hoje

REVOLUÇÃO

No skate, técnica é importante. Atitude é tudo

“Nos X Games de 2015, fui a primeira mulher a usar uma calça legging, uma calça de yoga numa
competição feminina de skate. Acho que isso foi um momento histórico.”

São Paulo

Uma escola brutal que forma os melhores alunos

“Aqui é difícil achar um pico com chão bom, sem buraco. Isso facilita quando a gente vai
pra fora, para Barcelona, Los Angeles, que é tudo perfeito. Quando chega lá, fica muito
mais fácil, como se fosse uma pista.”

Leticia Bufoni São Paulo
Leticia Bufoni com seu Air Max Ultra 2.0 Flyknit.ComprarComprar

SNEAKERS

Nem só de Janoski vive uma skatista

Letícia saiu a pé para sentir a cidade com seu Air Max Ultra 2.0 Flyknit.

ESCUTA AS MINA!

Conheça mais histórias de mulheres inspiradoras